sábado, 8 de abril de 2017

JUIZ QUE PRENDEU SÉRGIO CABRAL - MARCELO BRETAS - AMEAÇADO DE MORTE E AMEAÇADO DE SER IMPEDIDO DE CONTINUAR JULGANDO O CASO


Há uma intensa movimentação dos advogados de defesa de vários acusados e presos nas operações CALICUTE, SAQUEADOR E EFICIÊNCIA. O objetivo deles é que o JUIZ MARCELO BRETAS, considerado mais rigoroso e técnico que o juiz Sérgio Moro, seja substituído na condução desses casos. O STJ vai decidir nas próximas semanas. EM PARALELO, é sabido que o juiz Bretas corre risco de VIDA, pois mexeu com um esquema criminoso MONSTRUOSO E PODEROSO. 

Justiça determina reforço na segurança de juiz da Operação Lava Jato no Rio

Operações Saqueador, Calicute e Eficiência estão sob a responsabilidade de Bretas

O presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), desembargador André Fontes, determinou nesta sexta-feira (7) o reforço na segurança do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Este foi o primeiro ato assinado por Fontes, que tomou posse na quinta-feira (6). A decisão atende a um pedido do magistrado que está à frente da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Na segunda-feira (10), Fontes se reune, às 17h30, com o juiz Marcelo Bretas. Ele quer manifestar o apoio institucional da segunda instância ao trabalho feito pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. As operações Saqueador, Calicute e Eficiência, fases da Lava Jato, estão sob a responsabilidade de Bretas.

Na Operação Saqueador, que investiga esquema de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no valor de R$ 370 milhões, os principais envolvidos são o dono da empresa Delta, Fernando Cavendish, e o contraventor Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, por participação em esquema do desvio de dinheiro de obras feitas pela Delta Construtora.

Na Operação Calicute, deflagrada no dia 17 de novembro, 16 pessoas foram indiciadas por crimes que incluem corrupção passiva e ativa de organização criminosa e lavagem de dinheiro na gestão do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. As investigações apuraram que R$ 220 milhões foram pagos em propinas por grandes empreiteiras para garantir obras públicas.

A ex-primeira-dama do estado Adriana Ancelmo, também envolvida na Operação Calicute por recebimento de propinas, chegou a ficar presa na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, ala feminina da unidade Bangu 8 do Complexo penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio, mas agora cumpre prisão domiciliar no apartamento da família, no Leblon, zona sul do Rio. O ex-governador Sérgio Cabral permanece preso na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, ala masculina de Bangu 8.

Na Operação Eficiência, um desdobramento da Operação Calicute, segundo o Ministério Público Federal (MPF), o empresário Eike Batista, dono do grupo EBX, pagou US$ 16,5 milhões ao ex-governador Cabral. Eike está preso desde o dia 30 de janeiro na Penitenciária Bandeira Stampa, a unidade Bangu 9, também no Complexo Penitenciário de Gericinó.

8 comentários:

  1. Corruptos desconhecem a Lei do Retorno. Não têm ideia do quanto irão sofrer... A vida não é uma só! Colherão o que plantarem! Riem bastante, pois brevemente estarão chorando lágrimas de sangue, nas trevas, onde ninguém ouvirá seus gritos de clemência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Umbral ta esperando...

      Excluir
    2. É isso a lei do retorno é triste mais é a pura verdade.

      Excluir
    3. Vdd, Eles pensam que a vida é isso. Elaboram uma falsa ostentação, roubam. Mas não imaginam que é a eles mesmos que prejudicam com a falsa ascenção em cima do próximo. Serão inúmera encarnações de sofrimento. Arrastaram na sarjeta como mendigos, poderiam renascer em locais de fome como a Etiópia. É preciso fazer ao próximo o que queremos para nos, precisamos amar uns aos outros, precisamos respeitar porque a morte não existe. Da vida não nos livramos e teremos que responder nossos atos em nós mesmos. Isso sofrendo, expurgando. Pensem bem antes de levantar qualquer mal ao seu irmão.

      Excluir
  2. Eu quero se jogue a chave da cadeia fora por causa deles O Estado está falido bem dos outros também

    ResponderExcluir
  3. Espero que o Juiz Marcelo Bretas continue a frente da Operação Lava Jato e desdobramentos aqui no Rj

    ResponderExcluir
  4. BOM DIA

    A permanência do JUIZ é fundamental para que ele prossiga no trabalho que vem desempenhando. E, a segurança dele e de familiares precisa ser garantida. Que sua excelência tenha muito cuidado onde vai, e que evite usar "JATINHOS".

    Agradeço aos leitores o comentário e as visitas.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Bom dia... Enquanto se espera que os corruptos paguem em outra vida, eles vão vivendo nesta, numa ótima... Até as prisões são diferenciadas. Alguns em belíssimas mansões, com direito a usufruir de tudo o que roubaram. Outros, por motivos misteriosos, estão em cana, mas uma cana muitissimo melhor do que a de qualquer ladrão de galinhas. Olho com ceticismo essa pirotecnia de condenações, de prisões e mais do que nunca sinto que vale a paródia: Há algo de podre no reino dos judiciarios.

    ResponderExcluir