terça-feira, 8 de agosto de 2017

PÂNICO NA LINHA VERMELHA SEM O VERDE OLIVA - INSEGURANÇA TOTAL NAS VIAS EXPRESSAS DO RIO DE JANEIRO

SEM O EXÉRCITO, PM DO RIO NÃO CONSEGUE GARANTIR SEGURANÇA NAS VIAS EXPRESSAS


Enquanto a Polícia Militar e a Polícia Civil do Rio de Janeiro não receberem investimentos em recursos humanos e equipamentos, enquanto o aparato de segurança do RIO não for remontado, reorganizado, é absolutamente indispensável, questão de sobrevivência para a população do nosso estado, que as Forças Armadas tenham atuação no patrulhamento ostensivo das Vias Expressas e Rodovias que ficam nos entroncamentos com a LINHA VERMELHA e AVENIDA BRASIL.

A LINHA AMARELA e a Estrada GRAJAÚ-JACAREPAGUÁ, também estão totalmente sem policiamento. O governo federal precisa entender que se insistir nessa postura de não querer admitir essa necessidade, e se negar, por motivos que parecem mais de fundo econômico, em manter um efetivo de homens fas Forças Armadas atuando 24 horas por dia em PONTOS ESTRATÉGICOS da Cidade e do Estado, vão acabar por desmoralizar o atual TRABALHO de tentar trazer um pouco de ORDEM e SEGURANÇA PÚBLICA para o nosso ESTADO.

São gravíssimos os incidentes de ontem e o da noite de domingo.

CONSERTEM AS VIATURAS DA PM, CONSERTEM OS BLINDADOS DA PM E DA CORE, CONSERTEM OS HELICÓPTEROS DA PM E DA POLÍCIA CIVIL, COMPREM COLETES NOVOS, ARMAMENTO NOVO, TREINEM OS POLICIAIS, CHAMEM OS 4.000 CONCURSADOS, MELHOREM A ESTRUTURA DA PERÍCIA CRIMINAL, PAGUEM AS GRATIFICAÇÕES E SALÁRIOS ATRASADOS, FAÇAM UM PLANEJAMENTO DECENTE DO POLICIAMENTO PREVENTIVO E OSTENSIVO DA CIDADE / ESTADO. TIREM DE CIRCULAÇÃO ESSES CRIMINOSOS E SUAS PODEROSAS ARMAS. DEPOIS, E SÓ DEPOIS, VOLTEM ENTÃO PARA CUIDAR DAS FRONTEIRAS APENAS.

POR ENQUANTO, FAÇAM O SERVIÇO COMPLETO.


Nenhum comentário:

Postar um comentário