domingo, 19 de fevereiro de 2017

ASSALTO NA SEDE DA PREFEITURA DO RIO - LADRÕES ARROMBAM CAIXAS ELETRÔNICOS EM PLENA TARDE DE DOMINGO

VIROU MESMO A MAIS COMPLETA BAGUNÇA


Ao menos sete criminosos renderam na tarde de hoje os "SEGURANÇAS" do Centro Administrativo São Sebastião (Sede da Prefeitura do Rio de Janeiro, na Cidade Nova, no Centro da Cidade), e em seguida foram até os CAIXAS ELETRÔNICOS no primeiro andar, arrombaram com uso de maçarico e levaram todo o dinheiro, cuja quantia ainda não se sabe qual foi.

Em seguida fugiram do local sem ser importunados.

Os funcionários e seguranças nada sofreram.

O caso foi registrado e a investigação inicial está por conta da 6ª DP. 

GOVERNO FEDERAL JÁ COGITA APOIAR IMPEACHMENT DE GOVERNADOR PEZÃO E SEU VICE DORNELLES

SERIA A SAÍDA PARA NÃO TER QUE INTERVIR NO ESTADO COMPLETAMENTE FALIDO E DESGOVERNADO.


Os pedidos de INTERVENÇÃO FEDERAL no Estado do Rio de Janeiro tem aumento de número, e agora com políticos de peso em Brasília, cobrando ação nesse sentido, pois foram todos aliados do governador Pezão. HUGO NAPOLEÃO E AROLDE DE OLIVEIRA, velhos conhecidos e integrantes da politicagem no Estado do Rio de Janeiro, pediram em discurso na Câmara dos Deputados, a cabeça de Pezão e Dornelles.

A situação do Estado é catastrófica, vai se agravando a cada dia, com reflexos na área de SEGURANÇA PÚBLICA, SAÚDE e no ambiente de NEGÓCIOS. 

Diversos empresários tem ido até BRASÍLIA avisar que se o clima de ORDEM e SEGURANÇA não for restabelecido com URGÊNCIA, eles vão deixar o ESTADO, ou paralisar suas atividades aqui. 

UM IMPORTANTE SINDICATO PATRONAL NA ÁREA DE TRANSPORTE DE CARGAS, sinalizou que não é mais possível conviver com o ROUBO DE MERCADORIAS e ATAQUES AOS CAMINHÕES. ÁREAS COMO O CHAPADÃO, a VIA DUTRA, TRECHOS DA LINHA VERMELHA e RODOVIA RIO-PETRÓPOLIS são considerados como de GRANDE RISCO. 

Há uma determinação para que na medida do possível os caminhoneiros evitem essas áreas principalmente à noite e finais de semana. QUANTO AO ARCO METROPOLITANO a ordem é NÃO PASSAR POR ALI HORA NENHUMA.

ENTREGA DE ELETRODOMÉSTICOS E CORREIOS ESTÃO PROIBIDAS EM CERTAS ÁREAS DA CIDADE DO RIO.

Os empresários dizem que a mercadoria é ROUBADA e poucas horas depois está sendo vendida nas ruas.  

CIGARROS, BISCOITOS, SUCOS, REFRIGERANTES, ELETROELETRÔNICOS, ÓCULOS...tudo vai para as mãos dos receptadores que distribuem para os camelôs, que "trabalham" lado a lado com os que vendem produtos que não são roubados.

AUMENTOU MUITO A PRESSÃO, E NÃO SÃO POUCOS OS MOTIVOS PARA QUE A INTERVENÇÃO OCORRA, porém o governo federal não quer aceitar isso como saída, pois com intervenção no ESTADO DO RIO  teria que parar de tocar a reforma da previdência e trabalhista.

CRESCEU, então, a opção por dar início a um PROCESSO DE IMPEACHMENT de PEZÃO, com PICCIANI assumindo de forma interina e convocando eleições. A QUESTÃO É, o PMDB sabe que está QUEIMADO, que vai se QUEIMAR ainda mais quando sair o conteúdo da delação da ODEBRECHT, E QUE SEJA COMO FOR ESSE PROCESSO ELEITORAL, ele perderá o governo do Rio de Janeiro.

É GRAVE A CRISE, DE DIFÍCIL SOLUÇÃO, MAS A VIDA E A SEGURANÇA DOS CIDADÃOS DO RIO DE JANEIRO ESTÃO SOB SÉRIA E CRESCENTE AMEAÇA.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

SÉRGIO CABRAL PODE SER ALVO DE NOVA DELAÇÃO - UM BILHÃO ESCONDIDOS NO EXTERIOR


A força-tarefa da Lava Jato no Rio negocia, em estágio avançado, uma nova delação premiada que revelaria detalhes de supostos envios de propinas ao exterior para o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB). Segundo fontes próximas às investigações, o doleiro Vinicius Claret, conhecido como Juca Bala, está em tratativas para assinar o acordo de delação premiada.

A colaboração avança sobre repasses no exterior, que integrantes do Ministério Público Federal (MPF) acreditam que podem chegar a R$ 1 bilhão.

Em outra ponta, os procuradores têm progredido nas apurações sobre fraude em licitações no Estado do Rio que podem atingir o ex-secretário estadual da Saúde Sérgio Cortes. O MPF suspeita da existência de irregularidades na conquista de licitações na área da Saúde.

Cortes acompanhou Cabral na viagem a Paris, em 2009, que se tornou conhecida após a divulgação de fotos de parte da comitiva em uma festa portando guardanapos na cabeça. Além de Cortes e Cabral, o então secretário da Casa Civil, Régis Fichtner, estava no grupo que acompanhava o então governador e virou alvo das investigações.

Juca Bala, brasileiro que morava em Montevidéu, no Uruguai, teria começado a atuar para o esquema de Cabral quando os doleiros Renato e Marcelo Chebar - que já fecharam acordo de delação - passaram a ter dificuldades em tocar a operação do ex-governador. O motivo teria sido o aumento do volume de propina depois de 2007, quando Cabral assumiu o governo do Rio.

Os irmãos doleiros já revelaram como a organização criminosa liderada por Cabral ocultou mais de US$ 100 milhões (cerca de R$ 340 milhões) com o envio de propinas para o exterior.
Defesas

Cortes negou irregularidades durante sua gestão. 

Procurado na noite de ontem, Fichtner não se posicionou até as 21 horas. Os advogados de Cabral não responderam aos contatos da reportagem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Site UOL

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

PEZÃO CONTINUA COM BENS BLOQUEADOS PELA JUSTIÇA - ACUSADO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

STJ mantém indisponibilidade de bens de Pezão

O ministro Sergio Kukina, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), não aceitou o pedido de desbloqueio de bens feito pelo governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Os bens do governador foram bloqueados pela 1ª Vara Federal de Barra do Piraí, no sul do estado.

Antes da decisão do STJ, o bloqueio já tinha sido mantido pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), em ação de improbidade administrativa.

A ação apura supostos atos de improbidade praticados pelo governador quando ele ocupava o cargo de prefeito de Piraí, entre 1997 e 2001.

Edição: Lidia Neves

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

SÉRGIO CABRAL PODE TER TENTADO O SUICÍDIO EM PRESÍDIO DE BANGU


EX-GOVERNADOR INGERIU VÁRIOS COMPRIMIDOS DE UM MEDICAMENTO QUE SERIA ANSIOLÍTICO. TEVE UMA BRADICARDIA E QUEDA BRUSCA DE PRESSÃO.

DESACORDADO FOI LEVADO INICIALMENTE AO AMBULATÓRIO DA UNIDADE PRISIONAL, MAS, OS RECURSOS ALI DISPONÍVEIS NÃO ERAM SUFICIENTES PARA A GRAVIDADE DO SEU QUADRO. 

NECESSITOU ENTÃO SER TRANSFERIDO PARA UMA UPA. 

SEGUNDO INFORMAÇÕES DO BLOG, LÁ, PRECISOU RECEBER SORO, MEDICAÇÃO ESPECÍFICA, E FEZ UM ELETROCARDIOGRAMA. COM A ESTABILIZAÇÃO DO QUADRO RETORNOU AO PRESÍDIO COM A RECOMENDAÇÃO DE QUE FAÇA UMA BATERIA DE EXAMES. O EX-GOVERNADOR PASSA POR UM QUADRO DE DEPRESSÃO QUE VEM SE AGRAVANDO. 

NÃO FOSSE SOCORRIDO A TEMPO, PODERIA TER TIDO SÉRIAS COMPLICAÇÕES DO SEU ESTADO DE SAÚDE.

Sérgio Cabral desmaia e é levado para UPA de Bangu

O ex-governador Sérgio Cabral passou mal, desmaiou na cela e foi levado na segunda-feira (13) ao atendido no ambulatório da Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira. Após, foi encaminhado à UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) Dr. Hamilton Agostinho de Castro Vieira, localizada no Complexo Penitenciário de Gericinó, onde foram realizados alguns exames. 

Cabral retornou, em seguida, para a unidade prisional.

O ex-governador teria tomado uma dose excessiva de um remédio, que o deixou sonolento, mas a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) não quis comentar as causas do mal-estar e o que foi receitado pelos médicos para o ex-governador.

Os advogados de Cabral deverão pedir ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, nesta quarta-feira (14), autorização para que ele faça um check-up em um hospital.

GREVE DA PMERJ - FAMILIARES DEIXAM PORTA DOS BATALHÕES


ACABOU A MANIFESTAÇÃO DOS FAMILIARES DOS POLICIAIS MILITARES DO RIO DE JANEIRO, no que diz respeito à obstrução das entradas dos Batalhões de Polícia.

No 6o. BATALHÃO, um dos que teve a entrada e saída de policiais mais prejudicada, a manifestação terminou ainda ontem. Esposas, filhas e mães de policiais se disseram cansadas, e foram embora, depois de desmanchar barracas e recolher utensílios.

Hoje foi a vez do 3o. BATALHÃO no Méier ver o fim do protesto. Não há mais sinal das mulheres que desde sexta-feira passada praticamente impediram que pelos dois portões da Unidade, viaturas circulassem. 

No DOMINGO faltou PM para policiar o ENGENHÃO. O esquema de policiamento foi montado de improviso, chegou tarde ao ENTORNO do Estádio, e não foi capaz de IMPEDIR as muitas brigas que ocorreram antes da partida. Quatro pessoas foram feridas à bala. Uma delas morreu.

O pagamento dos SERVIDORES da ÁREA DE SEGURANÇA está sendo realizado ao longo do dia hoje. No Blog CONEXÃO SERVIDOR PÚBLICO, ativos da Secretaria de Educação, e ATIVOS da segurança, aposentados e pensionistas, estão informando que o pagamento está sendo feito dentro da normalidade.

As mulheres dos PMs vão embora e homens das Forças Armadas estão chegando.

Algumas áreas específicas da Região Metropolitana do Rio de Janeiro já recebem reforço do Exército e dos Fuzileiros Navais.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

MORTE NO ENGENHÃO - TORCEDOR DO BOTAFOGO É BALEADO PRÓXIMO À ENTRADA DO ESTÁDIO


OUTROS TRÊS TORCEDORES FICARAM FERIDOS - SEGUNDO TESTEMUNHAS UM CARRO PASSOU PELO LOCAL E SEUS OCUPANTES FIZERAM OS DISPAROS A ESMO.

ANIMALIDADE E POUCO POLICIAMENTO

Nada explica, justifica ou consegue fazer com que se aceite um fato dessa natureza. BESTAS FERAS DE DENTRO DE UM CARRO FAZER DISPAROS NA DIREÇÃO DE TORCEDORES. Mas é forçoso dizer que não havia policiamento suficiente e devidamente postado no ENTORNO do Estádio, para coibir os já conhecidos grupos de BADERNEIROS e BRIGÕES que existem nas chamadas torcidas organizadas. 

As cenas de violência ocorreram em vários pontos, dos dois lados da linha FÉRREA, e só depois é que a Polícia apareceu em quantidade suficiente para controlar a situação. Ora, se existe falta de policiamento, devido ao movimento de paralisação, então que o jogo fosse suspenso. Fingir que está tudo normal é um absurdo. Ficou a impressão que o policiamento do jogo foi improvisado, com policiais sendo trazidos de vários batalhões, sem muita noção de onde iriam se posicionar.

Em momentos assim, no vácuo de responsabilidade das autoridades, os criminosos costumam ficar ainda mais ABUSADOS e VIOLENTOS.

Resultado: Diego S. dos Santos, de 28 anos, foi baleado e chegou ao Hospital Municipal Salgado Filho em estado grave, indo a óbito logo em seguida. Além dele, Jean Marques, de 22 anos, e Pedro Henrique da Silva, de 20, também foram atingidos por tiros, ambos no braço esquerdo. Um quarto torcedor não identificado levou um tiro na perna. Outros torcedores também precisaram de atendimento devido a ferimentos por agressão.

INSANIDADE, IRRESPONSABILIDADE E GANÂNCIA nunca deram bons resultados.